Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘energia’

O Estadão – 14/10/2010

PEQUIM – A estatal chinesa State Grid negocia com a Eletrobras a realização de parceria para participação em leilões de geração de eletricidade no Brasil, disse ontem em Pequim o diretor-geral da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), Nelson Hubner. A companhia já colocou um pé no Brasil neste ano com a compra de sete linhas de transmissão de energia, por US$ 1,73 bilhão.  (mais…)

Anúncios

Read Full Post »

Exame – 30/09/2010

Oslo – A empresa norueguesa de energia Statkraft afirmou nesta quinta-feira que vai investir 400 milhões de dólares na usina hidrelétrica Cheves, no Peru, e que busca aumentar sua participação na América do Sul.

(mais…)

Read Full Post »

Valor Econômico – 04/12/2009

O grupo Votorantim acaba de firmar acordo que marca sua internacionalização no negócio de de alumínio. A holding Votorantim Metais (VM) venceu concorrência internacional do governo de Trinidad e Tobago para construir e operar uma fundição de 250 mil toneladas de alumínio na localidade de La Brea, 70 km ao sul da capital, Port of Spain. O projeto, que será montado em duas etapas, tem investimento total previsto de US$ 1,1 bilhão. (mais…)

Read Full Post »

Folha de S. Paulo – 30/09/2009

País quer garantir acesso a reservas de 6 bilhões de barris no país africano em negócio que pode custar US$ 40 bi

Movimento ameaça múltis na Nigéria e segue estratégia chinesa de garantir a segurança energética para manter crescimento robusto

A China está negociando com o governo da Nigéria direitos de exploração de algumas das maiores jazidas de petróleo do país africano. (mais…)

Read Full Post »

Reino Unido – Agência Reuters – 08/08/2009

O Peru vai consumir apenas 20 por cento da energia que será gerada pelas cinco hidrelétricas que o governo brasileiro vai construir naquele país. A energia excedente, a exemplo do que ocorre na hidrelétrica binacional de Itaipu, será vendida ao Brasil. (mais…)

Read Full Post »

O Estado de S. Paulo – 28/07/2009

Graças ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o fim de semana foi politicamente lucrativo para seu colega paraguaio Fernando Lugo. Depois de três dias de negociações, o presidente brasileiro acolheu oficialmente a lista de reivindicações paraguaias em relação à política energética. O Brasil deverá triplicar o preço pago pela energia comprada do Paraguai e financiará obras de infraestrutura no país vizinho. Além disso, uma comissão bilateral deverá estudar, nos próximos dois meses, uma fórmula para o governo paraguaio, representado pela Administración Nacional de Electricidad (Ande), vender eletricidade no mercado brasileiro sem a intermediação da Eletrobrás. O ingresso no mercado, segundo ficou acertado, deverá ocorrer gradualmente, se as inovações forem aprovadas pelos Congressos dos dois países. Como operação de pronto-socorro, a ação de Lula foi um sucesso. Lugo, desprestigiado nos últimos tempos, especialmente depois da revelação de suas aventuras amorosas quando ainda era bispo, e sem apoio no Parlamento, pode cantar vitória nas discussões com o Brasil. Na prática, falta resolver vários problemas técnicos e esclarecer um ponto: como atender às pretensões paraguaias sem mexer no Tratado de Itaipu? (mais…)

Read Full Post »

O Globo – 18/07/2009

Autorização de venda de excedente de energia no mercado brasileiro também está na pauta de negociação

BRASÍLIA. O Brasil estuda oferecer duas compensações ao Paraguai para tentar acabar com a batalha em torno da usina hidrelétrica binacional de Itaipu. A primeira é dobrar o valor pago ao país vizinho pela transferência da energia que ele não consome, dos atuais US$ 120 milhões para US$ 240 milhões, e a outra é permitir que o Paraguai venda diretamente no mercado brasileiro a eletricidade excedente, por meio da paraguaia Administração Nacional de Energia (Ande). (mais…)

Read Full Post »

Older Posts »