Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘comércio exterior’

Valor Econômico – 08/12/2011

Marcio Pochmann

O Mercosul se constituiu marcado por duas vertentes fundamentais. A primeira, de natureza política, derivou do processo de redemocratização em curso naquela época na região, ao mesmo tempo em que se procurava interromper a herança militar belicosa entre a Argentina e o Brasil.

A segunda vertente, de natureza econômica, buscava reproduzir o sentido da integração latino-americana proposto por cepalinos nos anos 1950, enquanto possibilidade de levar mais adiante o processo de industrialização na região. Tudo isso, é claro, sob a hegemonia dos Estados Unidos. (mais…)

Anúncios

Read Full Post »

O Estado de S. Paulo – 26/08/2011

Editorial

A economia brasileira depende cada vez mais da parceria comercial com a China e das políticas formuladas em Pequim. Mais que isso: o comércio bilateral segue o velho padrão Norte-Sul, com o lado mais fraco fornecendo matérias-primas em troca de produtos manufaturados. Essa descrição, familiar aos brasileiros atentos à evolução da economia global, já é assunto de comentários e de análises no mercado financeiro. A relação entre os dois países – com referência ao padrão do comércio – foi tema de um relatório do Banco Nomura, de Nova York, ligado a um dos maiores conglomerados financeiros do mundo, com sede no Japão. Também nesta semana, um artigo apresentado no site da Forbes foi aberto com a sugestiva pergunta: é o Brasil um derivativo da China? Preços de derivativos, lembrou o autor, dependem do valor de outro ativo – neste caso, a economia chinesa. Se essa economia fraquejar e seu apetite por matérias-primas diminuir, quais serão as consequências para os brasileiros? (mais…)

Read Full Post »

Folha de S. Paulo – 02/04/2010

A recuperação mundial dos preços de produtos básicos está ajudando o Brasil a recompor parte da queda da exportação de manufaturas devido à crise. Com a melhora das cotações de commodities como petróleo, cobre e carne, países vizinhos retomam encomendas. (mais…)

Read Full Post »

Folha de S.Paulo –  29/03/2010

É um velho projeto dos produtores rurais que, enfim, vira realidade; o objetivo é reduzir entraves ao comércio

Depois de mais de 20 anos de negociação, os produtores rurais brasileiros estão vendo um velho projeto virar realidade: o governo criou a figura do adido agrícola. Outros países já têm esses funcionários há décadas, inclusive servindo a suas respectivas embaixadas aqui no Brasil, como Estados Unidos, Holanda e Argentina. (mais…)

Read Full Post »

O Estado de S. Paulo – 11/02/2010

Lançado em dezembro de 2007, para aumentar a capacidade operacional dos principais portos nacionais, o Plano Nacional de Dragagem (PND) – que prevê investimentos de R$ 1,5 bilhão e faz parte do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), do qual é considerado um dos mais importantes projetos, por reduzir os custos de logística – mal saiu do papel e só agora deve começar a se tornar realidade no mais movimentado terminal portuário do País, o de Santos, que responde por 27% de todo o comércio exterior brasileiro. O ministro dos Portos, Pedro Brito, anunciou há dias que as obras de dragagem para o aprofundamento do canal de acesso ao Porto de Santos começarão em fevereiro e deverão estar concluídas até 22 de março de 2011. “Mais do que isso não; talvez até saia antes”, garantiu a um jornal de São Paulo. (mais…)

Read Full Post »

Valor Econômico – 08/01/2010

As empresas brasileiras – tanto as de capital nacional como as multinacionais – estão encontrando dificuldades para manter as exportações de manufaturados de maior valor agregado. Depois de cair de 35,7% em 2003 para 28,5% em 2008, a participação desse segmento nas vendas externas das empresas que exportam acima de US$ 10 milhões por ano encolheu ainda mais em 2009, ficando próximo a 25%, segundo estudo e estimativa da Associação de Comércio Exterior do Brasil (AEB), com base em dados oficiais, mas usando uma estatística que olha apenas os manufaturados que não são commodities. Ela exclui vários tipos de aço, suco de laranja, açúcar refinado, óleo combustível e etanol, entre outros bens. (mais…)

Read Full Post »

O Globo – 06/01/2010

Preocupado com o fraco desempenho das vendas externas brasileiras, o governo vai liberar a compra de insumos com imposto zero ou reduzido, no Brasil e no exterior, para a fabricação de bens voltados à exportação. (mais…)

Read Full Post »

Older Posts »